Com vocês, a ONG Chico Mendes, nobre parceira do Eniac Social

Por Miriam Barcellos

Daniele Coutinho é a Coordenadora Geral da ONG Associação Cultural e Ambiental Chico Mendes. Foi criada em fevereiro de 2005, quando dona Ivone Christofero reuniu um grupo de mulheres da região do Cabuçu e criou a instituição como uma maneira de atuar de forma oficializada.

Daniele é bióloga com mestrado em Análise Geo-ambiental. Moradora da comunidade do Cabuçu, se envolveu em projetos sócio-ambientais desde os 13 anos de idade, e daí não parou mais.

               WhatsApp Image 2021-05-18 at 14.08.05       WhatsApp Image 2021-05-18 at 13.58.36

           (nas fotos acima, à esquerda Daniele e à direita, D. Ivone)

A ONG atua em três grandes áreas: Educação, Meio Ambiente e Cultura.

A questão cultural é abordada, paralelamente, à educação patrimonial, quando é resgatado o valor histórico da região, pois existem vários locais tombados, notadamente, quatro no Cabuçu. Vale lembrar que Guarulhos é um dos municípios mais antigos do estado de S.Paulo e sua proximidade com a capital oferece características de valor ao seu patrimônio. Cabe citar as incontáveis e antigas olarias, fornecedoras de equipamentos e que são um registro das construções do entorno, inclusive da capital. Ainda, a Capela do Bom Jesus da Cabeça datada de 1850, a barragem do Cabuçu, 1ª obra em concreto armado do país, construída em 1905, e o grande patrimônio ambiental que é a serra da Cantareira, importantíssima para a manutenção dos serviços ecossistêmicos.

Ainda no setor da Cultura diferentes artistas nas áreas de teatro, música e artesanato foram convidados  para propiciar oficinas para a comunidade. Atualmente, por conta da pandemia, estão suspensas essas atividades.

No âmbito da Educação a Ong tem atuação bastante relevante: coordena uma creche com atendimento diário das 7 às 18hs, para 240 crianças, de um a quatro anos de idade. Essa creche se reveste de grande importância, se pensarmos na quantidade de mulheres beneficiadas, pois necessitam trabalhar e ter um lugar para deixar os filhos pequenos. Além disso, foram criados 19 postos de trabalho entre direção, professoras e auxiliares de classe.

                       WhatsApp Image 2021-05-18 at 13.35.33

                 (na foto acima, a equipe da Creche, coordenada pela ONG Chico Mendes)

Muito importante destacar que de acordo com norma da Prefeitura era necessário que as auxiliares tivessem formação em Pedagogia. Aqui, entra um papel de destaque da parceria com o Eniac que   

concedeu bolsas de estudo para as auxiliares da rede conveniada. Em conjunto com seus professores, o Eniac desenvolveu horário especial, aos sábados, o que possibilitou que muitas mulheres, por vezes com idades superiores a 40 ou 50 anos, frequentassem tal curso. Neste ano estão já recebendo seus diplomas de graduadas em Pedagogia, o que promoveu uma total transformação em suas vidas. Se antes, sentiam-se incapazes para adentrar em uma universidade, hoje, entre outros benefícios, como elevação da auto-estima, encaram novos desafios, novas interações como resultado da expansão do mundo que vivenciaram.

Todos esses fatos Daniele me conta com tamanho entusiasmo que me contagia e provoca emoção. Não é para menos, não é mesmo?

Ainda no setor da Educação, ela me conta que até 2017, a ONG coordenava o MOVA - Movimento de Jovens e Adultos - curso para alfabetização que durou 10 anos e inseriu no letramento quase 3000 pessoas. Verbas para essa vertente foram cortadas e o programa teve que ser suspenso. 

Daniele cita o grande valor das parcerias na Educação com as Universidades, a aproximação do saber acadêmico à prática do cotidiano: o Cabuçu foi o único bairro que conseguiu alterar o traçado do Rodoanel. Na época, montaram  documentos com declarações de profissionais de várias áreas atestando a inviabilidade do traçado original.

Na área Ambiental, a Ong  mantém um viveiro com mudas de Mata Atlântica, hortaliças e alimentos planc, com os quais participa da Feira Orgânica todos os sábados, na Praça IV Centenário em Guarulhos.

                                          WhatsApp Image 2021-05-18 at 13.41.31

Mantém ainda a produção de adubo, com resíduos, seja da horta orgânica, da cozinha da creche, ou de voluntários que trazem materiais, o que evita a sobrecarga dos aterros sanitários.

Importante salientar a mais recente parceria com o Eniac: a ONG vai alocar no Cabuçu o Projeto Horta 4.0, atualmente em fase de requisição de recursos para seu desenvolvimento. Para Daniele, é mais uma oportunidade para pesquisar, inovar em conceitos, bem como novas oportunidades de contribuir para uma alimentação segura. E desta feita, a possibilidade de aplicação ultrapassará os limites da comunidade!

Minha conversa/entrevista com Daniele foi um longo aprendizado e uma inspiração para o que é compromisso, dedicação e amor à terra a que pertence. 


    Você pode conhecer maiores detalhes aqui http://www.chicomendes.org.br

Tags: Institucional, CITIG, Social, Blog Eniac, Blog Eniac - Engenharia

Voltar para a Home